Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

À 6ª feira bebemos um Porto Tónico

 via

 

Tenho tido esta janela aberta à espera do momento de partilhar esta receita. Sim, sei que podia colocar nos favoritos. Mas não queria perdê-la ou esquecer-me dela. Não é só pela elegância deste Porto Tónico de Festa da Joana Limão mas também pelo texto como que acompanha a receita. Está a aproximar-me o meu verdadeiro Ano Novo e sabem como eu gosto dessa ideia de novos recomeços.

 

À 6ª feira, ou noutro dia qualquer, podemos beber um Porto Tónico, porque todos os dias podem ser de festa. Basta querermos. Vou deixar-vos aqui a receita mas sugiro vivamente que vão ler o texto que a Joana escreveu para a acompanhar. E não se esqueçam de pensar na pergunta que ela faz logo no início: "O que faz o teu coração saltar, a tua alma voar e o teu estômago contorcer-se com borboletas?"

 

Porto Tónico de Festa
Para cada copo

 

Ingredientes:
1 medida de vinho do Porto branco
2 a 3 medidas de água tónica
1/2 medida de sumo de toranja, recém-espremido
1 fatia de toranja, em metades
3 arandos frescos, em metades
1 raminho de alecrim fresco
Cubos de gelo, a gosto

 

Método:
1. 
Adiciona gelo, arandos e toranja a cada copo.
2.
Esmaga o raminho de alecrim nas mãos e coloca-o no copo.
3.
Adiciona o vinho do Porto branco, o sumo de toranja e a água tónica no final.
4.
Coloca o alecrim na borda do copo para beleza extra e praticidade 

 

 

Arranjadinho ou quentinho, eis a questão!

via

 

Será que se passa o mesmo convosco? Uma pessoa até pensa em andar um bocadinho mais aprimorada, até pesquisa umas imagens que sirvam de inspiração, procura mudar qualquer coisinha no seu estilo, passa nas lojas para ver o que ditam as tendências e depois... um frio de rachar! 

 

Sapatinho de salto alto, frio, blusinhas bonitas de seda, frio, casaquinhos de malha, frio. E nem vou comentar os tops de seda ou as camisolas de ombros à mostra ou meia manga... nem vou comentar! 

 

É engraçado como os assuntos por vezes se cruzam no mesmo dia, da forma mais curiosa. Uma das minhas colegas dizia que devíamos andar sempre bem arranjados. Outra dizia que isso nem sempre é possível quer por falta de motivação, falta de ideias ou de tempo. E acabamos por recorrer sempre ao que nos deixa mais confortáveis. É como ter um armário cápsula, sem ter armário cápsula (para quem não conhece o conceito, e muito resumidamente, é ter um número reduzido de peças de roupa). E entretanto ouvi um podcast onde as autoras diziam que em Fevereiro iam fazer um esforço por vestir roupa de verdade. E o que é que elas entendem por roupa de verdade?! 

 

Ora dizem elas que querem andar mais "arranjadinhas" e por isso vão esforçar-se por não vestir sweat shirts, nem leggins, calças de ganga pode ser mas... com algumas ressalvas, nada de ténis nem roupa largueirona. Querem usar mais acessórios, mais maquilhagem e, de uma forma geral, ter mais cuidado consigo mesmas. E eu até acho isso bem! O pior é quando nos levantamos e está aquela temperatura simpática que só dá vontade de ficar em casa embrulhada na manta! 

 

Na parte que me toca, dou a mão à palmatória! Tenho um conjunto de casacos bonitos em casa, mas tenho dois que são super quentinhos. Claro que os bonitinhos não têm visto a luz do dia, mantêm-se fechadinhos no armário à espera de melhores dias. Sapatos a mesma coisa. Todos os dias olho para uns e acabo por usar os outros, que dentro do menos quente, ainda vão aquecendo alguma coisa. E quanto às camisolas... Quanto mais quente melhor! Acessórios... luvas e cachecóis. Maquilhagem... creme hidratante várias vezes ao dia! 

 

Parece-me mesmo tudo muito certo mas... em Março! Em Março voltamos a isso! 

Também se passa o mesmo convosco? Também têm dificuldade em decidir diariamente o que vestir com estas temperaturas? E o que dizem os termómetros pelos sítios onde estão a ler este post? Graus positivos? Graus negativos?

 

 

Recortes da Blogosfera

via

 

Agora que o Outono está instalado aqui estão 15 formas de atacar a depressão dos dias mais pequenos. Quem tem outras sugestões?

 

Anita foi passar uns dias a Paris mas antes deixou umas dicas de como fazer uma mala de viagem de curta duração bem minimalista no Outono/Inverno.

 

E agora um assunto mais sério. Admito que li porque gostei do título, vou até guardá-lo como citação. Depois descobri um texto que fala de um assunto sério mas de uma forma muito bonita. Não vivo com uma espada sobre a cabeça. Na minha cabeça só cabem flores. Obrigada Marine!

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D