Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Quero ler mais em 2019!

via

 

Ainda esta semana trocava umas mensagens com uma amiga sobre as nossas leituras de 2018. Continuo a achar que ela leu mais que eu… ela acha que não. Mas também não fizemos o acerto de contas.

 

Essa minha amiga tem uma capacidade que me ultrapassa: consegue ler de tal maneira que passados anos ainda se lembra de pormenores, de citações e de nomes de personagens. Eu não consigo nada disso. É preciso o livro marcar-me muito para fixar esses pormenores. E por isso acho sempre que ela lê muito melhor que eu, ou melhor, que ela lê.

 

É verdade que ler em transportes públicos, durante viagens ou de forma espaçada no tempo dificulta o processo de assimilação. Talvez seja por isso que tenha lido menos este ano… esse entre outros motivos. Mas também é verdade que já pensei que quero ler mais o ano que vem, vai ser um dos meus objetivos.  

 

Entretanto, hoje ouvi um episódio do podcast Happier, da Gretchen Rubin, cujo título é “Planos para ler mais em 2019”. Nem mais! E lembrei-me de escrever este post, uma espécie de brainstorm de ideias para motivar a leitura. Aqui estão:

 

  1. Definir um número de livros que queremos ler
  2. Escolher os livros que queremos ler durante o ano. No podcast sugerem ter uma prateleira onde apenas colocam os livros que querem mesmo ler
  3. Participar num Clube de Leitura – A Maria e a Filipa criaram o Clube de Leitura Slower – estou a pensar participar
  4. Combinar com umas amigas um livro para ler durante um mês e depois combinar um encontro para falar sobre o livro. Esta ideia é baseada no filme “Do jeito que elas querem
  5. Definir períodos de leitura privilegiada (no meu caso são as férias, claramente!)
  6. Ter uma lista de “imperdíveis” ou clássicos que todos deviam ler e ir riscando à medida que vamos lendo

 

Mais alguma sugestão? Mais alguém que queira alimentar o hábito e gosto pela leitura?

 

 

Problema literário - Verão 2018

DEEDA49D-3F3A-4892-87E6-EEF925EFCE6B.jpeg

 

Os livros que queria ler nas férias enchiam uma mala inteira. Tudo o que não consegui ler durante o ano começou a formar um montinho ao lado da estante. Livros dos mais variados temas e com os mais variados tempos de leitura (muito, de uma forma geral).

 

Não sei se vos acontece o mesmo mas a mim, quando chegam as férias, quero fazer sempre uma série de coisas que não consigo fazer ao longo do ano e depois dou por mim a querer meter o Rossio na Rua da Betesga. 

 

Tive de fazer escolhas... cheguei a um compromisso e deixei apenas 6 livros no tal monte das boas intenções. Optei por livros de leitura mais leve, que não precisem de grande exercício mental nem de grande reflexão. Um deles talvez...

 

Pode parecer preguiça, mas não é. Às vezes temos de nos deixar de coisas e fazer o que é possível em vez do que gostaríamos de fazer. E neste caso, fazer o que é possível significa fazer pouco. Porque tudo está a precisar de descanso. E se pensam que seis livros são muitos para quem quer fazer pouco estão muito certos. Os livros vão de passeio mas alguns estarão mesmo de férias.

 

 

A Biblioteca das Galveias

E298D0A8-52F3-40CF-9E2E-386170A9D180.jpeg

A Biblioteca das Galveias fez 87 anos recentemente. É a minha biblioteca atual e eu ainda não a tinha visitado em condições desde as obras que “sofreu” há relativamente pouco tempo. Fui lá buscar um livro para ler nas férias e visitei o primeiro andar. De fugida consegui tirar estas fotos. Espero que vos deixem curiosos e que vos levem a visitá-lá. Eu quero voltar com mais tempo! 

1BEBA6A5-CC4A-48F6-92F3-9866398929FA.jpeg

 

7D12159F-3AB0-4958-8D86-A9CF63201141.jpeg

 

2AB9F712-D17A-4E9B-9C76-D09746052055.jpeg

 

7E490AE4-DC25-49A2-851E-5588D68A1C10.jpeg

 

81C18A90-8927-4D4F-A8CD-1F8610CDD141.jpeg