Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Yes, you will!

If you look for beauty, you will find it.

via

 

Os dias não são todos bonitos, com um céu azul que se confunde com um qualquer mar das Caraíbas, ou repleto de estrelas cadentes, carregadas de desejos a concretizar. Nem todos são bonitos. Mas em todos há algo em comum: a possibilidade de encontrar coisas boas. Coisas más acontecem, é verdade. Mas as boas também!

 

É mais ou menos como encontrar carros amarelos, ou moedas no chão, não é comum, mas a partir do momento em que começamos a ver se encontramos... parecem pipocas! Tal como as coisas boas. Podemos até começar com as mais simples como alguém que nos deu o lugar no autocarro, ou uma criança que nos sorriu na rua e disse adeus, depois começar a aumentar o nosso grau de contentamento: um postal na caixa do correio, um elogio de uma pessoa amiga, um bom dia de trabalho, por aí fora.

 

As coisas boas existem. Nós é que temos de querer encontrá-las. E a partir do dia em que estejamos disponíveis para as ver... vamos ver que são muitas! E sim, mesmo em dias difíceis!

 

 

 

 

A minha palavra para 2019

via

 

“Aprenda a maravilha, cultive o espanto. Viva, Ame, Acredite.”

 

As Palavras do Ano, como tantas outras ideias que temos no início de um novo ano, são como lufadas de ar fresco. Acreditamos que o novo ano vai ser diferente, que vamos mudar isto ou aquilo, que a nossa vida vai dar uma volta… essas coisas! Na verdade só muda uma data, nós é que queremos um pretexto para fazer alterações (eu então… arranjei 4 pretextos) e por isso pedimos desejos, contamos passas, badaladas em contagem decrescente, escolhemos palavras.

 

Ainda não tinha pensado muito na palavra para 2019 até que comecei a escrever os postais de Natal. Costumo pensar numa frase que escrevo em todos os postais à qual acrescento uma mensagem individual para cada pessoa. A frase deste ano (a que está no início deste post) é do Papa Francisco. Cruzei-me com ela na contracapa de um livro e identifiquei-me muito com o que diz. Cada vez que a replicava em mais um postal, mais sentido fazia! Até que se fez luz. MARAVILHAR era a minha palavra para 2019!

 

A Palavra do Ano é aquela que nos vai “guiar” durante 365 dias, como a Estrela Polar que nos orienta. Também é a palavra que traduz aquilo que queremos para o ano em causa e que deixa marcas para os anos futuros.

 

Eu quero aprender a maravilha e cultivar o espanto! Quero viver, amar e acreditar! Tal como sugere o Papa Francisco. E nas várias áreas da vida! Se virmos bem, esta citação pode ser toda ela uma orientação. Mas “maravilhar” resume-a bem. Maravilhar-me com tudo o que está à minha volta, com todas as coisas boas que tenho pela frente e com as soluções para os problemas e obstáculos que encontrar.

 

A minha Palavra do Ano é MARAVILHAR, e a vossa?

 

 

Bonito.

A Anabela Mota Ribeiro publicou ontem no instagram o texto que aqui deixo hoje. Publicou-o com uma imagem linda. Uma amiga, que segue mais de perto o trabalho dela, partilhou comigo essa publicação e disse "Bonito". Não precisamos de muitas palavras nestas situações. Sabemos o que a outra pensa em relação a textos destes. E vão ver como é tão simples, que a sua beleza é fácil de identificar. A minha resposta foi "Também li e achei o mesmo. Isso e que afinal ainda há pessoas boas".

 

A cada dia que passa é mais fácil pensar no que nós queremos, no que nós precisamos, no que nos facilita a vida. Nós, nós, nós. Tudo gira à nossa volta. Esquecemo-nos muitas vezes, e uns mais que outros, de pensar nos que estão à nossa volta. No que quererão eles, do que precisarão eles, no que lhes facilitará a vida.

 

Quando o outro passa à nossa frente, no sentido de lhe darmos mais importância a ele do que a nós mesmos, coisas boas acontecem! Não estou a dizer que nos devemos anular, não é isso, estou a dizer que muitas vezes, quando temos um pequeno/grande gesto, e sincero, na direção do outro, estamos a seguir por bons caminhos. Ou pelos caminhos certos. Quanto mais não seja porque hoje são eles, amanhã podemos ser nós. 

 

"Passei os últimos quatro dias a viajar. A viagem que mais gostei de fazer foi entre Vila Real e Braga, de autocarro. O condutor era um homem jovem, com ar patusco. Uma passageira espanhola foi ter com ele, em plena auto-estrada: queria ir para Bragança, estava a caminho de Braga. O condutor desfez-se em diligências para que a "coitada da moça" pudesse voltar atrás o mais rapidamente possível. Fez telefonemas, localizou "um carro" (isto é, uma camioneta) que ia no sentido contrário, fez um desvio curto, esperou /esperámos cinco minutos numa rotunda onde era possível fazer o transbordo. "Hoje é ela, amanhã somos nós." Quando cheguei ao meu destino, dirigi-me a ele. Talvez pensasse que lhe ia pedir contas pelo atraso e começou por pedir desculpa. Respondi: "Não, não, venho só dar-lhe os parabéns e desejar bom ano. Poucas pessoas fariam o que o senhor fez". O altruísmo deste homem enterneceu-me; sendo um pouco piegas, digo tudo: foi um belo presente de Natal. Hoje é ela, amanhã somos nós. 
Na véspera usei a avioneta que liga Tires a Vila Real numa hora. Depois de pousar em Vila Real, segue para Bragança. Nada a declarar, nenhuma moça espanhola a bordo."

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D