Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Sei o que fizeste o mês passado - Fevereiro e Março

via

 

O mês de Março foi qual montanha russa! Umas coisas atrás das outras. E, como diz o ditado… algumas ficaram para trás… O facto do Carnaval ser em Março e a Páscoa no final de Abril não ajudaram em nada, parece que o tempo andou descompassado. O resumo do mês de Fevereiro foi uma das coisas que ficaram para trás… mas vamos recuperar isso hoje! Hoje o resumo é dos dois meses: Fevereiro e Março.

 

Fevereiro

  • Finalmente fui ao Bingo e risquei uma coisa da lista!
  • O concerto Snow Patrol também foi muito bom e um óptimo presente de Natal!
  • Fevereiro foi o Mês das Cartas (e dos postais) o que deixou muitas caixas do correio felizes
  • E também foi o mês do grande desafio #28diasadestralhar (destralhei 213 em 406 coisas mas foi muito bom! Entretanto já destralhei mais 20 e o processo continua)
  • Andei a preparar lista das 41 coisas que este ano foi ligeiramente mais difícil de completar…
  • Leituras: recebi de presente um livro da Clarisse Lispector que comecei a ler e cuja leitura está em curso
  • Encontros com amigos e recuperar a tradição do jantar mensal com a Grupeta
  • Consegui chegar aos 1700m a nadar e depois aos 1800!
  • Coisas boas – o registo das coisas boas mantem-se e sinto que o hábito está mais enraizado! Registei 18/28 dias de coisas boas. Uma delas está aqui e outra foi uma encomenda que veio dos Açores e me deixou muito feliz!

 

Março

  • O mais importante de tudo é o meu aniversário! E tudo o que a ele e a esse dia está associado :)
  • Carreguei um bocadinho a bateria num fim de semana com amigas em Peniche
  • Fiz algo que gostava de fazer mas pensava impossível - passar a Ponte 25 de Abril a correr e verifiquei que nadar me tem ajudado imenso em termos de condição física. Fiz a Mini Maratona (7kms) e quase todos a correr!
  • Voltei a dar sangue (próxima dádiva em Agosto)
  • Houve o Lanche das Primas
  • Fui visitar a PhotoArk – exposição sobre animais em vias de extinsão
  • Finalmente comprei o livro do Nelson Mandela “Cartas da Prisão”. Até agora, muito interessante. A dar que pensar, mas interessante.
  • Deixei um livro meu num banco de jardim e fiquei a ver quem o levou – foi muito giro!
  • A minha caixa do correio foi MUITO feliz este mês com postais de aniversário e uma carta. Deixaram-me o coração quentinho!
  • Na natação… voltámos a superar a barreira! Num dos treinos nadámos 2100m e a distância por treino tem aumentado
  • Coisas boas: este mês registei mais! Lá está, o hábito está enraizado: 29/31 dias de coisas boas
  • Entra em vigor a lista das 41 coisas e para um dos pontos se realizar… o maior passo já foi dado!

 

Planos para o mês de Abril

  • Ler, Ler, Ler
  • Ir ao Teatro
  • Pôr a escrita em dia
  • Participar na Scalabis Night Race – mantenho… correr não é o meu desporto… mas…
  • Dias de férias para fazer nada e fazer qualquer coisinha!
  • Usufruir de um presente de aniversário que recebi sob a forma de enigma
  • Olhar para a lista das 41 coisas e ver quando poderei fazer o quê
  • Partilhar aqui um bocadinho de algumas das experiências que vivi em Fevereiro e Março
  • Ah! Tratar do IRS

 

Upgrade: versão 4.1

via

 

Adoro fazer anos! E hoje entro na Versão 4.1! 

 

Como em tudo, os upgrades trazem melhorias mas também algumas mudanças. Espero que seja tudo para melhor! 

 

Ontem pensava no que foram os meus 40 anos. Devo dizer que foi um exercício difícil. Parecia que estava com uma amnésia seletiva, não me conseguia lembrar de nada assim em especial que me tenha acontecido... nem de maravilhoso, nem de horrível! O que é, apesar de tudo, uma coisa boa! Estranha, mas boa! 

 

Depois comecei a andar para trás no tempo e lá me comecei a lembrar! Na maioria vieram coisas positivas e divertidas. Também me lembrei de uma ou outra coisa menos simpática, mas perdi pouco tempo com isso! 

 

Quando as boas memórias começaram a surgir lembrei-me de ir ver a Lista das 40 coisas. Apercebi-me do porquê de gostar tanto dessas listas. Se cumpri tudo? Não, mais de metade, mas longe de estar totalmente completa. Ao percorrer a lista fui-me recordando dos momentos em que risquei esses pontos. E valeu a pena! Também percorri a galeria de fotos para completar essas memórias. Mais momentos divertidos! Algumas pequenas coisas de que eu já nem me lembrava. 

 

Resumidamente, confirmei aquilo que sinto: sou uma pessoa feliz! 

 

Para a versão 4.1 tenho já alguns planos. A Lista das 41 coisas está praticamente concluída e nela estão dois dos maiores desafios para este ano. Não faço ideia do que mais estará à minha espera mas se for como até aqui, vai ser muito bom! 

 

E se algum de vocês fizer anos hoje... PARABÉNS! Espero que tenham um dia muito feliz e que o vosso ano seja tão bom como o que desejo para mim. (também desejo o mesmo a quem não faz anos hoje, claro! :))

 

Remédio para dias assim-assim

via

 

Todos temos dias mais fáceis que outros, mais simples que outros, mais animados que outros. Mas no fundo, esses dias menos, têm quase todos coisas que os podem fazer mudar de rumo. São sempre as pequenas coisas. Hoje foi um desses dias. 

 

Tenho a sorte de ter pessoas perto de mim, e algumas que até estão longe, que me ajudam a passar por esses dias como quem passa por entre os pingos da chuva. E também é isso que está na minha checklist de "Como ser uma pessoa feliz".

 

E depois, para além das pessoas que nos estão próximas, temos também aqueles que nem nos são assim tão próximos como isso, de todo, mas que por sorte ou acaso, se cruzam connosco nestes dias. Foi o caso da Anabela Mota Ribeiro e da sua playlist na TSF. Palavras bonitas e músicas bonitas, num dia que podia ser tudo menos isso. Mas muitas vezes está nas nossas mãos mudar o tom dos nossos dias não é?

 

Algures na sua playlist a Anabela Mota Ribeiro usa uma frase do Chico Buarque e diz "saiba que os poetas, como os cegos, sabem ver na escuridão" e isto diz-nos que os poetas não são pessoas quaisquer, têm poderes mágicos". Usando este exemplo eu diria que os meus amigos também são como os poetas, os meus amigos também têm poderes mágicos!

 

Deixo-vos aqui a playlist da Anabela Mota Ribeiro na TSF para ouvirem durante o fim de semana, numa esplanda, no sossego do lar ou numa viagem por essas estradas fora. 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D