Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

O mês das cartas!

IMG_4531.JPG

 

Para mim o mês das cartas e dos postais é Outubro. Também já participei num destes desafios mas em Abril. Contudo, quando recebi o e-mail do Postcrossing com o desafio para Fevereiro… decidi participar! Até porque é mais uma oportunidade de pôr a escrita em dia.

 

Em que consiste o desafio? Durante o mês de Fevereiro escrever uma carta ou postal por dia e enviar a alguém. Eu já comecei a fazer a lista de pessoas a quem vou enviar a minha correspondência. Alguns postais de Natal ficaram por enviar, também tenho um projeto meio em curso com uma amiga (enviarmos uma carta por mês à outra) e um primo com quem combinei começar a corresponder-me para ele aperfeiçoar o português, algumas pessoas que quero surpreender, uns correspondentes do Postcrossing à espera de novidades na caixa do correio e pelo meio também uns agradecimentos. É importante referir que faz parte do desafio responder às cartas que recebermos!

 

Já comecei a juntar os materiais necessários para cumprir esta missão! Selos, envelopes, postais, papel de carta, canetas (porque nem todas são boas para escrever em todos os papéis). Também podemos enviar recortes de jornais e/ou revistas, pensamentos do dia, flores que secámos num livro, na loucura, até podemos enviar um livro, um cd, um presente, ou até um pacote de açúcar com uma mensagem engraçada. É só pôr a imaginação a trabalhar!

 

E por falar em agradecimentos… recorda o Postcrossing que dia 4 de Fevereiro é o dia dos carteiros – por isso, cartão de agradecimento ao Carteiro na próxima segunda-feira! Não custa nada e vai de certeza melhorar o dia dele! Ou dela!

 

Fevereiro parece ser o mês dos desafios. Quem aceita este?

 

 

Arranjadinho ou quentinho, eis a questão!

via

 

Será que se passa o mesmo convosco? Uma pessoa até pensa em andar um bocadinho mais aprimorada, até pesquisa umas imagens que sirvam de inspiração, procura mudar qualquer coisinha no seu estilo, passa nas lojas para ver o que ditam as tendências e depois... um frio de rachar! 

 

Sapatinho de salto alto, frio, blusinhas bonitas de seda, frio, casaquinhos de malha, frio. E nem vou comentar os tops de seda ou as camisolas de ombros à mostra ou meia manga... nem vou comentar! 

 

É engraçado como os assuntos por vezes se cruzam no mesmo dia, da forma mais curiosa. Uma das minhas colegas dizia que devíamos andar sempre bem arranjados. Outra dizia que isso nem sempre é possível quer por falta de motivação, falta de ideias ou de tempo. E acabamos por recorrer sempre ao que nos deixa mais confortáveis. É como ter um armário cápsula, sem ter armário cápsula (para quem não conhece o conceito, e muito resumidamente, é ter um número reduzido de peças de roupa). E entretanto ouvi um podcast onde as autoras diziam que em Fevereiro iam fazer um esforço por vestir roupa de verdade. E o que é que elas entendem por roupa de verdade?! 

 

Ora dizem elas que querem andar mais "arranjadinhas" e por isso vão esforçar-se por não vestir sweat shirts, nem leggins, calças de ganga pode ser mas... com algumas ressalvas, nada de ténis nem roupa largueirona. Querem usar mais acessórios, mais maquilhagem e, de uma forma geral, ter mais cuidado consigo mesmas. E eu até acho isso bem! O pior é quando nos levantamos e está aquela temperatura simpática que só dá vontade de ficar em casa embrulhada na manta! 

 

Na parte que me toca, dou a mão à palmatória! Tenho um conjunto de casacos bonitos em casa, mas tenho dois que são super quentinhos. Claro que os bonitinhos não têm visto a luz do dia, mantêm-se fechadinhos no armário à espera de melhores dias. Sapatos a mesma coisa. Todos os dias olho para uns e acabo por usar os outros, que dentro do menos quente, ainda vão aquecendo alguma coisa. E quanto às camisolas... Quanto mais quente melhor! Acessórios... luvas e cachecóis. Maquilhagem... creme hidratante várias vezes ao dia! 

 

Parece-me mesmo tudo muito certo mas... em Março! Em Março voltamos a isso! 

Também se passa o mesmo convosco? Também têm dificuldade em decidir diariamente o que vestir com estas temperaturas? E o que dizem os termómetros pelos sítios onde estão a ler este post? Graus positivos? Graus negativos?

 

 

Tradição de Natal: Uma mesa de Natal bem posta

 via

 

Quando era mais nova, a noite de Natal era a oportunidade que os pratos, talheres e copos do Serviço de Jantar da minha mãe tinham de sair à rua. Era a grande noite em que podiam brilhar na mesa. Sim, brilhar, porque não só são bonitos, como também têm uns motivos dourados no meio das barras verdes. 

 

Talvez seja por causa desses pratos que tenho um fraquinho por mesas bem postas. E não quero com isso dizer que temos que ter o melhor serviço da Vista Alegre, ou o talher de prata que era da tetra-avó. Não é isso. Para termos uma mesa bem posta precisamos sobretudo de o fazer com amor e carinho. 

 

A missão de pôr a mesa para o jantar de Natal é minha. E é com muito gosto que o faço. Gosto de colocar tudo direitinho, os copos certinhos, os talheres alinhados, a toalha bem esticada. Dá-me gozo!

 

E depois há todo um conjunto de pequenos apontamentos que podemos colocar na mesa para lhe dar um ar mais festivo: o guardanapo com motivos de Natal, um raminho de alecrim, uma velinha aqui ou ali, um centro de mesa simples ou mais elaborado, marcadores de lugar feitos pelos filhos, um bom-bom como vi ontem no instagram numa mesa super simples e muito bonita, uma pequena mensagem, e muitas outras ideias. 

 

Tenho andado a pensar na mesa de Natal deste ano. Apetece-me voltar a dar autorização aos pratos da minha mãe para uma saída à noite. Resta saber se ela vai permitir... 

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D