Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

O resumo das semanas

 via

 

Contei aqui que as coisas andavam um bocadinho complicadas por estes lados. E como assumir um problema é meio caminho para a cura... Parei. Investi 1h30 do meu tempo a deitar tudo cá para fora, que é como quem diz para uma folha de papel, e esquematizei uma solução. Como fiz em Setembro mas desta vez de uma forma mais simples.

 

Não tinha tempo. Como nunca ninguém tem. A questão é que se eu somasse todos os minutos em que me perdia em pensamentos do que tinha para fazer, certamente consumia muito mais tempo do que a 1h30 que investi e acabava por não ter nada feito na mesma. 

 

Às vezes é disso mesmo que precisamos. Parar. Às vezes não, praticamente sempre. E se formos a ver... até os carrocéis param entre cada viagem. 

 

Por isso, depois de parar, pensar e esquematizar, estas foram algumas das coisas que consegui fazer nas últimas duas semanas:

  • almoços com amigas
  • preparação de refeições para a semana
  • menu para um mês e repsetivas compras de supermercado
  • tarefas domésticas
  • reguei os canteiros e os vasos
  • ouvi alguns podcasts
  • deitei-me a horas decentes e acordei bem disposta
  • até fui À festa (nesse dia claro que não me deitei a horas decentes... mas acordei muito bem disposta!)
  • comecei a incluir a roupa de Primavera... comecei porque como se vê... o tempo não anda certo...

 

 

Também já tenho os planos para os próximos dias

  • vários eventos de trabalho que condicionam o dia a dia normal
  • verificar os aniversários deste mês (que são muitos)
  • fazer marcações de exames de rotina (que também são muitos...)
  • experimentar o esfoliante detox de café para começar a preparar a pernoca para o sol
  • estudiar, estudiar, estudiar.

 

E porque, como em qualquer bom plano, é importante deixar espaço para imprevistos... voilá! Amanhã vou a um concerto inesperado com uma amiga! 

 

E por aí, muitos planos?

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post