Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

O grande impacto dos pequenos passos

via

 

Quando queremos muito uma coisa, ou quando precisamos dela, conseguimos fazer muito mais do que pensamos. Conseguimos arranjar tempo, arranjamos forma, descobrimos novos caminhos e alguns atalhos. Embora por vezes os atalhos nos levem a mais trabalhos. O que todas essas coisas têm em comum é o primeiro passo. Dá-lo é mesmo o maior segredo para o sucesso.

 

Normalmente o que nos impede de conseguir alcançar esses objetivos é o facto de querermos tudo de uma só vez. Queremos num mês poupar o valor para uma viagem, no mesmo mês perder todos os quilos que fomos acumulando durante anos, e ainda: ler 10 livros, correr uma maratona sem nunca ter corrido 1 km, jantar com todos os amigos que não vemos há 2 anos, tirar toda a tralha de casa e ainda falar fluentemente uma língua sem saber sequer dizer os dias da semana. Queremos tudo. Tudinho. E depois acabamos com nada. Nadinha.

 

Porque nos prendemos no "não consigo fazer tudo hoje por isso o melhor é nem começar" nunca saímos do mesmo lugar. É precisamente por esse motivo que os pequenos passos são importantes.

 

Podemos fazer escolhas e optar por não comer o doce que nos apetece, levar a marmita em vez de ir almoçar fora, não comprar aquele livro hoje e esperar pela Feira do Livro, ou até ir à biblioteca. Podemos sair uma paragem antes do habitual e fazer esse caminho a pé, ou até ir dar uma volta na hora do almoço. Podemos ligar a um amigo e combinar um encontro. Podemos ler 5 páginas num dia em vez de querer ler a Eneida numa noite.

 

O importante mesmo é dar o primeiro passo. Por mais pequena que seja a nossa primeira ação ela vai deixar-nos mais perto daquilo que queremos alcançar. Ficaremos um passo mais perto do que se não fizermos nada. Porque não conseguimos fazer tudo. Com o passar do tempo conseguiremos aumentar o "grau de exigência" e continuar a caminhar no sentido daquilo que queremos.

 

Todos os dias temos uma nova oportunidade para melhorar!

 

 

 

1 comentário

Comentar post