Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Desafio - 28 dias a destralhar

28 dias a destralhar - instagram (2).png

 

Apesar de ser o mês mais pequeno do ano, parece que este Fevereiro se vai “esticar”. Na verdade, as coisas acontecem. Nós até fazemos planos, mas depois, como eu costumo dizer, acontece a vida e os planos mudam! E nem sempre esses imprevistos são maus!

 

Há uns dias troquei umas mensagens com a Cláudia Gonçalves Ganhão relativamente às missões destralhar. Perguntava ela quem precisava de embarcar nessa “aventura”. Como sabem, para mim é uma missão que já faz parte de uma forma de estar na vida. Há dias em que a tralha aparece e cresce, e dias em que a missão destralhar ataca e a mesma tralha segue os seus caminhos.

 

Estava longe de imaginar o que vinha depois desta troca de mensagens! Mas vou contar-vos já se seguida: fui desafiada para ser Embaixadora do desafio #28diasadestralhar lançado pela Cláudia no seu blog. E aceitei! Sabem que eu gosto destas coisas…

 

Depois do esforço de Outubro, participar numa nova missão destralhar em Fevereiro vai ser bem desafiante, mas vamos ver como corre. Além do mais, sempre que me cruzo com coisas que estão “a mais” ponho-as de lado, o que faz com que tenha de ir rever com mais atenção uns quantos cantinhos que estão lá por casa e onde podem andar escondidas estas 406 coisas. Sim, no final de Fevereiro terão sido 406 coisas a ir à vida delas… Mas já tenho umas ideias!

 

O que eu gostava mesmo, mesmo era de saber se algum dos leitores deste blog aceita o desafio! Se pensarem que em casa é difícil, podem estender ao carro, ao local de trabalho, etc. O grande objetivo é participar e ficar mais “leve” e com mais tempo e espaço para as coisas que realmente importam! Como diz a Cláudia “406 é o número máximo de coisas, mas se forem 200 ou 300 já está muito bom! Por isso se achar que 406 são coisas demais, não faz mal, junte-se ao desafio e destralhe o máximo que conseguir! Se no dia 10 só conseguir 5 coisas tudo bem, faça-o”.

 

Para ajudar nesta contabilização, e de alguma forma nos motivar, a Cláudia criou um Excell onde podemos ir registando as coisas que pomos de parte. Eu vou usá-lo! Convido-vos a ler o post que ela escreveu sobre o Desafio - 28 dias a destralhar, a dizerem aqui nos comentários se se juntam a nós e a partilharem os vossos progressos usando o #28diasadestralhar!

 

Fevereiro, vamos a isto!

 

Já agora, para quem ainda não teve oportunidade de ouvir o Podcast sobre o livro "A Year of Yes" é uma boa oportunidade para o fazer. Este desafio é uma dessas situações em que dizer que sim nos traz coisas boas!

 

 

9 comentários

Comentar post