Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

BANDA SONORA PARA UMA NOITE DE INVERNO E VERÃO

 

Inverno 

Chegar a casa no final de um dia de trabalho. Um dia de inverno, frio, como os verdadeiros dias de inverno. Tomámos um banho quente para recuperar a energia, deixar o mundo fora de portas e o frio fugir junto com a água que corre. Jantámos à média luz ou até à luz de velas, muitas. Falámos sobre os nossos dias até que eles se transformaram num só. Depois disso aninhámo-nos no sofá, grande, cinzento e moderno, com espaço para todos, mas do qual usamos apenas um cantinho. O nosso. E ali ficámos. À média luz, ou à luz das velas, muitas. E deixámos o silêncio falar dos nossos dias. 

Verão 
Passámos o dia a deambular pela cidade como se nunca a tivéssemos visitado. Conhecemos recantos escondidos, jardins secretos, escadarias e ruelas. Jantámos numa esplanada e depois voltámos a casa. Estamos agora no quintal. Há quem lhe chame terraço. Eu gosto de lhe chamar quintal. Faz-me lembrar a minha infância, o quintal onde passava horas a brincar. Sentámo-nos nas cadeiras de lona, bebemos um copo de bom vinho e lemos. As estrelas acompanham-nos e, de vez em quando, uma ou outra dançam ao som do canto das cigarras.

 

1 comentário

Comentar post