Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

28 dias a destralhar - 2ª semana

IMG_4829.JPG

 

Na 2ª semana deste desafio #28diasadestralhar voltei a olhar para as revistas com outros olhos. Deixei de comprar revistas como comprava. Mas ainda mantinha umas edições de algumas. Revistas de moda que comprei no Verão e de culinária que fui comprando e que mantinha em casa porque “os olhos também comem”. Mas hoje não quero falar da tralha em si. Hoje quero contar uma coisa que aconteceu com alguma dessa “tralha”.

 

No meu prédio, no mesmo patamar, as minhas vizinhas tinham um hábito que eu sempre achei muito engraçado. Para além de se encontrarem no fim de semana para pôr a conversa em dia, volta e meia, deixavam o jornal ou uma revista na porta uma da outra. Quando uma acabava de ler, dava à vizinha. Dava, porque uma delas faleceu no final do ano passado.

 

Desde essa altura que, sempre que passo pelo patamar delas, me lembro que agora já não há essa partilha tão engraçada das fofocas da semana, nem os encontros de patamar para falar sobre os seus assuntos.

 

Quando juntei as revistas na semana passada, lembrei-me que podiam fazer uma certa companhia à vizinha e deixei-as num saco à porta dela. Deixei também um bilhete a identificar-me, não fosse ela achar aquilo muito estranho.

 

A minha semana passada foi bastante preenchida e cansativa mas, num desses dias, cheguei a casa e abri a caixa do correio como faço todos os dias na esperança de receber uma carta ou postal. Naquele dia tinha lá um pedaço de papel que tem, para mim, um valor incalculável. Era um agradecimento da vizinha pelas revistas!

 

Se não tivesse destralhado mais nada, só por isto já teria valido muito a pena!

 

Banda sonora para o dia de hoje

O dia de ontem podia ficar conhecido por uma de duas coisas: o dia aborrecido em que me “melgaram” o juízo ou o dia em que superei mais uma distância e nadei 1800m em cerca de 45 minutos.

 

Há uns tempos atrás uma das minhas amigas disse-me umas palavras sábias: devemos focar as nossas energias nas coisas que podemos controlar e nas que nos trazem felicidade. Ontem essas palavras passaram-me muitas vezes pela cabeça. Nadar mais, melhor e de forma mais focada depende apenas de mim!

 

Claro que isto é tudo muito bonito mas ajuda imenso o facto de termos pessoas ao nosso lado que estão alinhadas na mesma frequência, pessoas que também querem melhorar e “run the extra mile”. E ontem foi isso que aconteceu! Decidimos que íamos aumentar a fasquia e assim fizemos! Às 21h de ontem eu estava tão mas tão feliz que não conseguia parar de sorrir! E hoje quando acordei e me lembrei disso, fiquei novamente ligada à corrente!

 

Hoje, essas coisas que ontem me irritaram, dificilmente vão conseguir superar a minha alegria. Porque eu estou super feliz! E por isso, esta é a banda sonora de hoje! 

 

 

 

A chegada dos pássaros

 

Gosto de ouvir esta música alto. Bem alto! E de preferência onde possa abrir os braços como se também eu fosse um pássaro. Livre! Há muitos anos vi uma coisa espantosa: a viagem migratória de um bando de pássaros. Eram milhares. O céu estava cor de rosa e cheio de pintinhas pretas. Lá iam eles no seu caminho. Foi um espetáculo maravilhoso. Nunca tinha visto nada assim e nunca mais voltei a ver.

 

Há alturas em que precisamos de pôr esta música bem alto para ouvir o bater das asas e o chilrear dos pássaros. E continuar a dançar e a bater as nossas asas. Continuar a voar. Mesmo que não saibamos onde vamos chegar.

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D