Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

A Biblioteca das Galveias

E298D0A8-52F3-40CF-9E2E-386170A9D180.jpeg

A Biblioteca das Galveias fez 87 anos recentemente. É a minha biblioteca atual e eu ainda não a tinha visitado em condições desde as obras que “sofreu” há relativamente pouco tempo. Fui lá buscar um livro para ler nas férias e visitei o primeiro andar. De fugida consegui tirar estas fotos. Espero que vos deixem curiosos e que vos levem a visitá-lá. Eu quero voltar com mais tempo! 

1BEBA6A5-CC4A-48F6-92F3-9866398929FA.jpeg

 

7D12159F-3AB0-4958-8D86-A9CF63201141.jpeg

 

2AB9F712-D17A-4E9B-9C76-D09746052055.jpeg

 

7E490AE4-DC25-49A2-851E-5588D68A1C10.jpeg

 

81C18A90-8927-4D4F-A8CD-1F8610CDD141.jpeg

 

O piquenique!

 SZUC5796[1].JPG 

 

Como vos disse, logo no dia 1 deste mês risquei mais um item da minha lista: organizar um piquenique! Também tinha dito que o mais importante para mim era estarmos juntos e passarmos uma tarde muito boa. E esse objetivo também foi alcançado.

 

Claro está que, como em tudo, podemos tentar planear até ao mais pequeno pormenor mas... o Murphy é que sabe e se alguma coisa tiver que correr mal... corre! Mas não foi o nosso caso. O Murphy não foi convidado, nem apareceu de surpresa! A única coisa que não correu como planeado foi o local, houve umas ameaças de chuva e por isso mudámos a localização do encontro. E com isso também mudaram algumas das condições logísticas, para muito melhor!

 

Conseguimos cumprir, dentro do possível, o nosso compromisso relativamente ao Plastic Free July e, apesar de termos loiça, quem tinha preparado o seu kit piquenique usou-o. E quanto aos "dilemas" sobre o que fazer, o que levar, quem leva o quê e em que quantidade, correu tudo muito bem! Corre sempre, no final corre sempre tudo bem.

 

Fomos 54! Não vos disse que era quase um casamento? Pusemos a conversa em dia, partilhámos receitas, trocaram-se dicas, as crianças brincaram livremente, treparam árvores, criaram laços. E nós reforçámos os nossos!

 

A minha prima A. foi a minha grande companheira na organização deste evento familiar.

Muito obrigada A.! Prometo que para a próxima tratamos dos Jogos Tradicionais ;)

 

 

E isto é ser líder!

via

 

A G. foi a minha professora de natação dos últimos anos. Hoje é a última aula dela.

 

Durante estes anos aprendi muito e melhorei bastante neste desporto do qual tanto gosto e que me faz sentir tão bem (mesmo quando chego a casa exausta). E porque é que a G. é especial? Por vários motivos. Primeiro porque nestes três anos com ela nunca repetimos exercícios. Depois porque sempre respeitou o ritmo individual de cada um. E em terceiro lugar porque nunca nos fez sentir mal por não conseguirmos fazer algum exercício ou faltarmos à aula. 

 

É exigente mas respeita-nos e incentiva-nos sempre a melhorar.

 

Quando passei para a aula dela pensava que sabia nadar mariposa. Pensava... porque na realidade não sabia. As dores e o cansaço aos 20 metros denunciavam isso mesmo. E que fez ela? Disse que estava incorreta, pediu para ver outros a nadar e disse para passar a nadar apenas uma parte desse estilo. E isto durou muito tempo. Pernas mariposa e braços bruços. Pernas mariposa e braços bruços. Até ao dia em que eu achei que ia ser capaz de nadar o estilo completo. E fui! A partir daí, curiosamente e apesar de tudo, nadar mariposa é coisa que me acalma. Como a G. diz: encontrei o meu ritmo.

 

Há 3 anos defini como objetivo pessoal fazer 1000m em 30 minutos. Numas destas últimas aulas fizemos essa prova novamente. Consegui fazer 1250m no mesmo tempo, mas sem pressas nem pressões. E num ano em que faltei mais do que fui às aulas este resultado foi excelente!

 

Quando estava a escrever este post lembrei-me que já tinha aqui falado de uma prova de superação numa das aulas da G., relê-lo só veio reforçar o que vos disse nos parágrafos acima. Ora vejam "tu consegues!!!"

 

Ser líder na minha opinião é isto: reconhecer no outro as suas qualidades e fraquezas e apoiá-lo para que ele consiga superá-las e melhorar.