Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Desafio do Mês - Setembro

via

 

Simplificar: 30 dicas para 30 dias

 

Estamos quase, quase, no mês de Setembro. Para mim, é mais uma oportunidade de mudanças, de começar novas rotinas, adoptar novos hábitos. Apesar de ser significado de final de férias, gosto muito do mês de Setembro! Dá-me genica e muita motivação! 

 

Todas as coisas que quero fazer este mês me parecem desafiantes por isso não sei se posso chamar-lhe Desafio do Mês... mas estará muito próximo disso. Em todo o caso, lembrei-me de deixar aqui esta lista de pequenas coisas que podemos fazer, uma coisa de cada vez, para simplificar a nossa vida, a nossa casa, o nosso dia-a-dia. Pode haver um ou outro dia em que as tarefas não sejam adequadas (por exemplo, no meu caso, não tenho carro por isso não posso adoptar a sugestão do dia 9) sugiro que substituam por "me time", com coisas que gostassem de fazer mas ou não têm tempo, ou nunca são prioridade.

 

Sugiro que coloquem as tarefas num plano mensal, na agenda ou num lembrete do telemóvel para tornar a coisa mais divertida. A maioria das tarefas requerem pouco tempo, em todo o caso, podem sempre ser definidos uns 15-30 minutos para não nos perdermos no tempo. As coisas em formato de jogo levam-se sempre melhor!

 

  1. Passear pela casa com um saco do lixo na mão. Tudo o que for lixo... (envelopes, revistas, folhetos de supermercado, garrafinha de água, talão do multibanco, etc)
  2. Frigorífico: tudo o que esteja fora de prazo, lixo. O que estiver quase fora de prazo deve ser utilizado primeiro, assim como os produtos frescos mais perecíveis. Há quem coloque estes alimentos numa caixinha com um papel a dizer "Come-me primeiro!". Ah! E entretanto não esquecer de limpar o frigorífico com água e vinagre, para desinfetar.
  3. Mesa-de-cabeceira: um candeeiro, o despertador, um livro e duas coisas de que goste muito. Tudo o resto pode sair.
  4. Telemóvel: apps que já não são usadas, jogos, contactos desatualizados ou sem interesse, etc., pode tudo desaparecer. Mas pode escolher-se uma foto bonita para ter no ecrã.
  5. Casa de banho: ver o que há a mais e a menos na casa de banho. Tomar nota do que temos a mais para não comprar e do que temos a menos para repor. Fiz esta listinha há uns tempos e envergonhei-me com o resultado. A quantidade de coisas que estou auto-proibida de comprar até acabarem é um bocadinho elevada... Estas dicas podem ser úteis.
  6. Coisas para dar: dar uma nova volta pela casa desta vez para encher um saco (ou mais!) com coisas para dar. E no final, distribuir logo por quem vai receber!
  7. Lavar roupa: qual é o dia da semana que lhe dá mais jeito para tratar da roupa? A mim é ao Domingo de manhã. Nesse dia ponho a máquina a trabalhar e pronto. A tarefa de hoje é pensar qual o dia ideal para esta tarefa e defini-lo como tal. Se for preciso mais que um dia, definir os que forem precisos. O importante é que sejam sempre os mesmos. Simplifica a ajuda na rotina.
  8. Despertador: se pudesse não precisar dele era bom mas como não é possível… o melhor é criar um alarme recorrente para a mesma hora. Juntamente com uma hora definida para ir para a cama vai ajudar a dormir melhor e a organizar os sonos.
  9. Carro: as idas à bomba por gasolina, podem ser aproveitadas para “arrumar” o carro: talões de compras, garrafas de água, pequenas coisas que sejam lixo… fora!
  10. Aniversários: sabemos que temos uns quantos amigos a quem gostamos de enviar postais pelo seu aniversário. Mas na altura falta sempre comprar o postal. E depois… passa a data. A sugestão é comprar um conjunto de postais de aniversário para ter em casa. Quando chega o dia é só escrever! Tal como dizia há uns tempos "cartas e postais nunca são demais".
  11. “Unsubscribe”: ver nos emails que recebemos hoje aqueles que queremos continuar a receber e os que já não nos interessam… nestes últimos carregar no “unsubscribe”.
  12. Fotos no telemóvel: dar uma vista de olhos e ver as que podemos apagar. Não interessa ter 10 da mesma coisa, basta guardar a melhor! E depois de escolher porque não criar álbuns no telemóvel, de preferência num cartão de memória) para as arrumar melhor?
  13. A carteira: esvaziar a mala e a carteira. Tirar tudo o que não precisa de andar na mala connosco (acreditem que precisamos de menos coisas do que pensamos) e voltar a colocar os essenciais. A Marie Kondo diz que devemos fazer isto diariamente... e é capaz de ter razão...
  14. Medicamentos: medicamentos fora de prazo devem ser entregues na farmácia, medicamentos que já não precisa também ou então podem ser doados a instituições de solidariedade social (desde que em boas condições e dentro da validade, claro).
  15. Roupa: escolher as peças de roupa que já não vestimos e dar. Sugiro que coloquem um saco junto do roupeiro e sempre que tiram uma peça que já não usam mas que está em condições de ser vestida por outras pessoas, dar. As que não estão, colocam-se noutro saco e podem ser entregues em algumas lojas que fazem reciclagem de roupa.
  16. Nada: fazer absolutamente nada.
  17. Dizer não: a uma coisa que seja. Um compromisso onde não apetece ir, um hábito que se quer largar, algo que nos prejudica. Só custa (e às vezes muito) começar.
  18. Ementa: escrever três pratos que possam ser confecionados com os ingredientes que temos em casa. E a ementa da semana fica quase pronta.
  19. Redes Sociais: não são mesmo amigos? Deixar de seguir. Ver essas fotos não ajuda em nada? Deixar de seguir. Se por outro lado um determinado perfil motiva ou inspira, esse é de seguir.
  20. Secretária: deixar apenas o essencial para trabalhar, tudo o resto deve ser arrumado, arquivado, deitado fora. Também não fará mal passar um pano para limpar a mesa, teclado, rato…
  21. Computador: começando pelo desktop… de certeza que há imensos ficheiros que precisam de ser organizados ou apagados. Depois dessa limpeza geral não esquecer de esvaziar o lixo e já agora, se quiser, mudar a imagem do monitor.
  22. Caixa do correio: não quer receber publicidade não endereçada? Coloque o autocolante na caixa do correio.
  23. Rotinas: definir os passos das rotinas da manhã e da noite e colocar em local visível, como por exemplo no espelho da casa de banho.
  24. Receitas: não sabe o que fazer para o jantar? Que tal fazer uma lista de refeições simples à qual recorrer quando não tem ideias? Ou então, definir uma ementa mensal e seguir.
  25. Fim de semana: e planear um fim de semana prolongado, ou não, até ao final do ano? Onde? Quando? O que precisa de fazer para conseguir ir?
  26. Objetivos: sabem aquele objetivo que queríamos mesmo cumprir até ao final do ano? Pois bem, é escrevê-lo num papel e colocar em local bem visível. Qual o primeiro passo a dar para que ele se concretize?? Esse mesmo! É fazer. O primeiro passo é sempre o que custa mais.
  27. Email: defina o tempo que pode dedicar hoje a apagar emails que já não precisa, não fazem sentido ou newsletter que estão ultrapassadas. Pelo caminho aproveitar e cancelar as subscrições que já não queremos receber ou cujos emails não têm sido lido ultimamente.
  28. Domingos: o que é que se pode fazer ao Domingo para simplificar a semana? Toca a fazer uma lista e nos próximos Domingos segui-la até se tornar um hábito.
  29. Lista de compras: se tivermos uma lista de compras geral com os bens que costumamos comprar recorrentemente, a próxima ida às compras será mais fácil, só temos de verificar se precisamos ou não de comprar essas coisas.
  30. Me time: agendar 30 minutos durante a semana para "me, me, me". Definir o dia e cumprir. 30 Minutos. Parece imenso tempo mas não é, e podemos usá-lo como quisermos desde que seja em coisas para nós!

 

 

1 comentário

Comentar post