Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Clube de Leitura da Toalha ao Pescoço

akilaberjaoui:“ Ipanema, Rio De Janeiro. Spring 2015.”

via

 

Dois chapéus de sol, quatro cadeiras perfiladas, quatro livros a circular. O Clube de Leitura da Toalha ao Pescoço funciona na praia, todos os dias, desde cedo na manhã até ao final da tarde, mais ou menos ao pôr do sol.

 

Sentados nas suas cadeiras, os participantes lêem cada um o seu livro. Todos policiais clássicos. Por vezes, um deles levanta a cabeça e comenta a trama. Lêem o livro à vez mas isso não os impede de comentar. 

 

A dada altura fazem uma pausa. Caminham em direção ao mar, em grupo e perfilados. E voltam. Sentam-se nas cadeiras, sempre perfiladas, e sempre na mesma ordem. O leitor da ponta pega nos livros e volta a distribuí-los. Um a um. E todos voltam ao seu mistério. Até ao próximo comentário ou até à próxima pausa.

 

Na praia, a maioria das pessoas dá mergulhos, deita-se ao sol para ganhar uma cor, deita-se na areia, faz palavras cruzadas, joga raquetes ou cartas, faz castelos na areia ou apanha carreirinhas. Mas essa não é a praia do Clube de Leitura da Toalha ao Pescoço. Eles estão noutra onda!