Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

Edição Limitada

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito”. Clarice Lispector

As tradições de Natal em resumo

via

 

Ontem cumpri mais uma das minhas tradições de Natal favoritas - ver as iluminações de Natal! E gostei muito! já não me lembro de ver as ruas tão iluminadas e tão bonitas há muito muito tempo! 

 

E porque estamos mesmo a chegar ao grande dia, resolvi fazer aqui um resumo das tradições de Natal. Sabem como é, acredito que mesmo em cima da hora ainda é possível fazer qualquer coisa e por isso, e para quem possa não ter visto os posts, aqui fica um resumo das minhas tradições! 

 

No início de Dezembro começo a preparar uma playlist de Natal para me acompanhar quando ando a passear pelas ruas, na compra dos presentes e até para ouvir em casa. Tudo para entrar no espírito.

 

Depois começo a organizar-me para enviar os postais de Natal. Como sabem gosto de enviar postais todo o ano por isso o Natal não seria excepção. Confesso que os deste ano ainda não seguiram todos... mas já faltam muito poucos! E este ano até já fui surpreendida com alguns na minha caixa de correio!!! 

 

Entretanto começa a azafama dos presentes, dos jantares, dos planos, das listas, das decorações de Natal. Para tentar mudar qualquer coisa de ano para ano aproveito as inspirações que se vão cruzando comigo nas minhas leituras. Umas das deste ano vieram aqui parar em forma de recortes da blogosfera. E os alperces devem mesmo ir parar à minha mesa de Natal!

 

E depois chegamos ao dia que antecede a Noite de Natal! Esse dia pode ser mais complicado porque temos imenso que fazer mas... o melhor é desligar o complicometro e deixar as coisas andar. É dia de pôr a mesa de Natal (na minha casa fica posta até ao Ano Novo), fazer os sonhos da Marlene e ter tudo a postos.

 

Quando chega a hora de jantar do dia 24 chega também a hora de pôr a mesa. Como vos disse, gosto de uma mesa de Natal bem posta! É preciso preparar tudo, verificar os últimos pormenores e fazê-lo com a antecedência necessária para não ter de andar a correr atrás de nada. 

 

E chega a hora de começar a preparar o sorteio dos presentes! É das tradições que gosto mais porque me lembram os últimos natais de dois dos meus avós. Nunca fomos muito de acreditar no Pai Natal. A minha avó sempre nos disse que os presentes eram o nosso Menino Jesus. Agora, a juntar a isso, juntamos esta brincadeira que nos diverte um bocadinho enquanto vamos abrindo os nossos presentes e passando a Noite de Natal. 

 

Este ano talvez se dê início a uma nova tradição no jantar do dia 25... vamos ver! :)

 

Desejo-vos um Feliz Natal e que no vosso sapatilho o Menino Jesus, ou o Pai Natal, tenha posto tudo o que mais desejaram! Mas não se esqueçam que para isso era preciso terem-se portado bem durante o ano! ;)